fbpx
18 Março, 2019 hélio cabral | marketeer

BTL 2019: trabalho, marketing e padrões que encontrei

  • Partilhar
Flag no stand dos Açores

O Mundo encontra-se na BTL e por lá estive em movimento com a  BDR | BANDEIRAS E MASTROS.

A estratégia da BDR para 2019 está em movimento e a BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa foi o primeiro palco escolhido para o lançamento da campanha de verão.

Sob o nome “Verão em Movimento”, foi apresentado um novo produto que promete destacar as marcas que comunicam nesta altura do ano.
Criado a partir de uma nova utilização do tecido “Flag Display”, totalmente personalizável, com um pequeno suporte de madeira, oferece comodidade e conforto para quem gosta de apanhar banhos de sol.

Os campos de golf não foram esquecidos e foram apresentadas também algumas soluções de comunicação.
Outro objetivo era demonstrar a versatilidade do tecido bandeira e as vantagens de utilizar nas mais variadas aplicações. Por isso, o stand da BDR era composto por 90% de tecido bandeira.

Foi também a apresentação da nova #flag, a mascote que surgiu há precisamente um ano, agora ainda mais divertida, um dos valores que caracteriza toda a equipa feminina da BDR.

Segue-se o QSP SUMMIT, já esta semana.

 

A BTL também foi motivo de estudo

Na BTL Bolsa de Turismo de Lisboa além do trabalho, diverti-me imenso e uma sensação incrível de missão cumprida, afinal foi uma participação bastante positiva da BDR e a #flag exemplar na sua função, já que muitos que visitam o stand vêm através do seu convite. Missão cumprida 😊 e é caso para dizer “teamwork makes the dreamwork”, com uma equipa realmente fantástica.

Numa feira com tanta atração, grandes marcas e “mega” stands, muitas ativações de marca, a mascote é sem dúvida uma peça fundamental para uma presença de maior sucesso, principalmente quando o poder de investimento é menor.

 

Sobre o Marketing e padrões que encontrei na BTL

Esta é para mim das melhores feiras a nível nacional, principalmente se falamos no investimento de marketing.
A minha presença neste certame não se resumiu apenas a acompanhar a BDR, mas também aproveitar para analisar padrões, tirar ideias, networking e algumas reuniões.

Já sabemos que as pessoas procuram brindes, cafés, entre outras coisas. Também sabemos que já não é assim tão fácil oferecer de forma desmesurada (redução de custos ou menos parcerias) e muitas vezes não receber nada em troca, como ficar com os dados das pessoas.
Sabemos também que as pessoas gostam de se divertir e interagir, desde que não seja algo demasiado demorado ou aborrecido.

Surge então o primeiro padrão que encontrei, quizzes rápidos, na sua maioria com a utilização de um ou mais tablet’s e algumas soluções tecnológicas, como Kiosks digitais. E o que ofereciam?

Café. Pois bem, se queríamos, por exemplo, um simples café, primeiro há que merecê-lo 😊 E isto aconteceu em grande parte dos stands.

 

Mascotes, muitas. São uma excelente forma de humanizar e transmitir os valores de uma marca e ao mesmo tempo interagir e levar à ação, mediante o que pretende a empresa.
Do ano passado para este ano, houve um aumento considerável de mascotes. É um investimento fácil de rentabilizar, pois podem ser utilizadas em várias situações, não apenas em feiras, mas ativações de marca, entre outras, durante todo o ano. É sem dúvida, um investimento seguro.

 

Muitas roletas físicas, onde um prémio estava sempre garantido. Talvez porque estamos num mundo cada vez mais digital, é preciso recuperar certos hábitos e criar uma experiência que envolva emocionalmente as pessoas. A tecnologia entra logo a seguir, mais um vez o tablet a entrar em ação para registar os dados.

 

Fotografias digitais / instantâneas. Estavam presentes em número considerável, com a particularidade da moldura onde eram colocadas serem quase todos personalizados.
Também destaque para a tecnologia “chroma key”. Encontrei várias ativações de marketing que recorria a esta tecnologia, onde recebíamos na hora via email a fotografia com o fundo / ambiente escolhido ou além disso, também impressa (do género de fotografia instantânea). Mais uma excelente forma de angariar contactos e criar algum buzz na internet, via a partilha de quem participava.

 

Preocupação ambiental muito presente, como é cada vez mais “normal” e ainda bem. Afinal é cada vez mais uma preocupação dos mais velhos e dos jovens.

Já estamos ligados?
error
, ,

  • Partilhar




Comentários

%d bloggers like this: