fbpx
14 Novembro, 2020 hélio cabral | marketeer

24 Orientações para estruturar uma Estratégia de Marketing

  • Partilhar

24 Orientações para Estruturar uma Estratégia de Marketing🎯

Nesta fase empresas já criaram ou estão em fase de conclusão da sua estratégia de marketing para o novo ano. Nesse sentido, a parte de análise é fundamental para orientar as ações que vão ser criadas no Marketing-Mix.
Neste resumo de vários estudos que tenho vindo a acompanhar da Nielsen, Brightlocal, INE, entre outros (focados para Portugal), podem encontrar vários insights para entender a envolvente macroeconómica de uma empresa. E aqui entra a Análise PEST.

✅Quando bem executada, a análise PEST assegura que a atividade da empresa se adapta às alterações que estão a afetar o ambiente externo, permitindo evitar ações condenadas a falhar por razões que escapam ao controlo da empresa. Adicionalmente, é também uma ferramenta essencial para quem deseja implementar um negócio ou empresa numa região que conhece pouco.

A sigla “PEST” refere-se aos quatro grupos de fatores a serem analisados:

  • Fatores Políticos
  • Económicos
  • Sociais
  • Tecnológicos

👉Já agora uma dica, quando combinados com fatores externos, os fatores PEST podem ser classificados como oportunidades e ameaças na Análise SWOT da estratégia.

 

Vamos lá a mais umas Orientações extra Estratégicas para sustentar melhores decisões na sua Estratégia de Marketing:

Segundo a Nielsen, 92% dos clientes acreditam mais nas sugestões de amigos e familiares do que na publicidade.
Para lá do que possam dizer amigos e familiares, note-se que 88% das pessoas confiam nas recomendações online escritas por outros clientes.
Marketing de referência? Ora, 74% dos clientes identificam o marketing de referência como sendo capaz de influenciar, de forma decisiva, a decisão.

Dos consumidores dos 35 aos 54 anos, 25% dedica um a cinco minutos a ler críticas online e apenas 2% passa mais de uma hora nesta actividade. No caso dos consumidores mais velhos (mais de 55 anos), 32% passa entre um e cinco minutos e 1% passa mais de uma hora.

Fonte: Inquérito da Brightlocal


EM 2022, CERCA DE 40% DO PIB EM PORTUGAL SERÁ PROVENIENTE DAS RECEITAS DA ECONOMIA DIGITAL.
Segundo dados fornecidos pelo INE, apenas 59% das empresas com dez ou mais colaboradores em Portugal utilizam site próprio. A mesma fonte refere ainda que 81% das empresas que utilizam meios de comunicação digital, usam-nos para desenvolver a imagem da empresa e ou dos produtos que vende. 97% das empresas inquiridas no estudo referem como meios preferenciais de comunicação as redes sociais.

 

PORTUGUESES PRIVELIGIAM MAIS A COMPRA DE PRODUTOS NACIONAIS
Os portugueses têm privilegiado a compra de produtos nacionais, apesar de terem aumentado as transações online. 57% dos portugueses vão encomendar produtos online mais frequentemente.

 

ESTES SÃO OS DESAFIOS MAIS CRÍTICOS PARA AS MARCAS
Os novos modelos de negócio e as mudanças nos valores do consumidor são, aos olhos dos responsáveis de marketing, os desafios mais críticos para as marcas na era Covid-19.
O estudo global da LLYC, “Desafios do Chief Marketing Officer”, revela ainda que a publicidade digital (que cresceu cerca de 66%) e as relações públicas (consideradas por 46% uma prioridade) são obrigatórias em termos de investimento para as marcas.

  • O CLIENTE JÁ NÃO SE PREOCUPA SÓ COM O PREÇO, QUER RESPOSTAS PERSONALIZADAS E EMPRESAS QUE PARTILHEM DAS SUAS PREOCUPAÇÕES.
  • O ECOMMERCE ESTÁ A AJUDAR A MODA A POTENCIAR VENDAS E NA RELAÇÃO COM OS CLIENTES
  • COVID-19 GEROU ACELERAÇÃO DIGITAL DE 5 ANOS EM 3 MESES
  • 78% DOS PORTUGUESES VÊ REVIEWS ANTES DE COMPRAR UM PRODUTO
  • 70% DOS MARKETEERS NÃO TÊM TEMPO PARA A CRIATIVIDADE

 

CRESCIMENTO DO WHATSAPP BUSINESS: DUPLICOU A TAXA DE PENETRAÇÃO EM PORTUGAL
O WhatsApp já é muito mais do que um meio de comunicação entre pessoas, independentemente da sua localização no mundo. Com a sua versão business tornou-se o centro de contacto por excelência para profissionais e pequenas e médias empresas (pme).

 

INTANT MESSAGING CONTINUA A CRESCER:

 

O RANKING NETAUDIENCE, REALIZADO PELA MARKTEST EM PARCERIA COM A GEMIUS, CONTOU EM AGOSTO COM 50 PRESENÇAS.

Qual a importância deste estudo?
Serve de orientação, por exemplo, ao realizar publicidade paga, principalmente em Google (no Facebook também conseguem segmentar por algumas empresas que estão referenciadas) para terem noção onde existe maior alcance, logo mais visibilidade, mediante o vosso público-alvo.

Podem visualizar a página clicando aqui.

 

Uma marca deve ser cada vez mais humana e com um tom de comunicação de “uma pessoa para outra pessoa”. Porque o que nutre verdadeiramente são as Relações Humanas.

Mas a atenção do ser humano está a diminuir…

Por isso, é tudo uma questão de tornar as ideias realidade, com a Criatividade e Humor necessários para captar a atenção do público-alvo e ficar no seu “Top of Mind”.
Porquê? Quando ele necessitar dos serviços ou produtos de que dispõem, vai-se recordar da sua Marca.

 

 

Espero que ajude na tomada de decisões e tudo a correr muito bem😃

, ,

  • Partilhar




Comentários

error

O artigo foi útil? Siga as minhas redes sociais e mantenha-se atualizado.

Open chat
Fale comigo diretamente
Olá :)
Como posso ajudar?